SPGspeAPEF

Newsletter
captcha 
ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA NA DOENÇA DE ENXERTO-CONTRA-HOSPEDEIRO
Lage J. (1), Pires S. (1), Coimbra N. (2), Afonso LP. (2), Brandão C. (1), Dinis-Ribeiro M. (1)

Os recetores de alotransplante de medula óssea (aloTMO) desenvolvem frequentemente doença de enxerto-contra-hospedeiro (DECH), com manifestações cutâneas, digestivas e de outros sistemas. O objetivo deste estudo foi analisar o papel da endoscopia digestiva alta (EDA) nos doentes submetidos a aloTMO que manifestaram queixas digestivas altas.

HEMORRAGIA DIGESTIVA BAIXA – INFLUÊNCIA DO MOMENTO DO EXAME NO RESULTADO
Xavier S. (1), Magalhães J. (1), Cotter J. (1,2,3)

Na hemorragia digestiva baixa aguda (HDBa) a avaliação endoscópica precoce parece associar-se a maior rendimento diagnóstico e intervenção terapêutica, bem como a menor duração dos internamentos.

ÍNDICES DE AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE INFLAMATÓRIA DA DOENÇA DE CROHN DO INTESTINO DELGADO NA CÁPSULA ENDOSCÓPICA
Ponte A., Pinho R., Rodrigues A., Silva J., Rodrigues J., Sousa M., Carvalho J.

A cápsula endoscópica (CE) representa o método não invasivo mais sensível na avaliação da mucosa do intestino delgado na DC. As recomendações atuais defendem o uso de índices endoscópicos para classificação da atividade inflamatória do intestino delgado na DC. Os índices validados existentes são o Score de Lewis (SL) e o Capsule Endoscopy Crohn’s Disease Activity Index (CECDAI), havendo escassos estudos comparativos. Associadamente, há pouca evidência da correlação destes índices com índices de atividade clínica e marcadores bioquímicos na DC do intestino delgado.

AVALIAÇÃO RETROSPETIVA DE INDICADORES DE QUALIDADE EM ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA
Taveira F, Areia M, Elvas L , Alves S, Brito D, Saraiva S, Cadime, A T

A endoscopia digestiva alta permite na prática gastrenterológica diária uma variedade de gestos terapêuticos e diagnósticos que, em situações particulares, se revelam life-saving. Porém, a maximização da sua utilidade depende do cumprimento de vários indicadores de qualidade. Pretende-se então, avaliar alguns desses indicadores num centro português.

BALÃO INTRA-GÁSTRICO PARA OPTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES OPERATÓRIAS EM DOENTES COM OBESIDADE MÓRBIDA
Silva M.J., Costa Simões J.

O balão intra-gástrico (BIG) é utilizado para promover perda de peso e, consequentemente, melhoria das condições operatórias em candidatos a cirurgia bariátrica.

CPRE NUM CENTRO DE REFERÊNCIA – INDICAÇÕES E COMPLICAÇÕES DO PROCEDIMENTO
Perdigoto D., Gomes D., Almeida N., Mendes S., Camacho E., Mesquita R., Alves A.R., Elvas. L., Barbeiro S., Giestas S., Fernandes A., Oliveira A., Sofia C.

A Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) é um método fundamental na abordagem terapêutica de várias patologias do foro bilio-pancreático. Sendo um procedimento com riscos deve ser criteriosamente utilizado.

HAS-BLED E HEMORR2HAGES: DOIS SCORES INSUFICIENTES NA HEMORRAGIA DO INTESTINO DELGADO
Cúrdia Gonçalves T.(1), Barbosa M.(1), Rosa B.(1), Moreira M.J.(1), Cotter J.(1,2,3)

Alguns scores clínicos, tais como o HAS-BLED ou o HEMORR2HAGES, foram criados para avaliar o risco a 1 ano de hemorragia major em doentes cronicamente anticoagulados. O objetivo deste estudo foi avaliar a capacidade destes scores em predizerem maior acuidade diagnóstica da enteroscopia por cápsula(EC) ou maior taxa de recidiva hemorrágica em doentes cronicamente anticoagulados com hemorragia digestiva obscura (HDO).

ANÁLISE DE FATORES PREDITIVOS DE ENTEROSCOPIAS POR CÁPSULA INCOMPLETAS
Ponte A., Pinho R., Rodrigues A., Silva J., Rodrigues J., Sousa M., Carvalho J.

A cápsula endoscópica (CE) é o método diagnóstico não invasivo de eleição para o intestino delgado, apresentando uma capacidade diagnóstica superior a métodos radiológicos ou angiográficos. Contudo, a incapacidade da CE alcançar o cego no tempo de gravação impossibilitando a visualização completa do intestino delgado, afeta negativamente a capacidade diagnóstica. Estudos prévios reportam que cerca de 15-33% das CE são incompletas. Desta forma, torna-se imperativo a identificação de fatores que possam predispor a um exame incompleto.

A CALPROTECTINA FECAL CORRELACIONA-SE COM A ACTIVIDADE INFLAMATÓRIA DO INTESTINO DELGADO DETECTADA POR ENDOSCOPIA POR CÁPSULA NOS DOENTES COM DOENÇA DE CROHN ESTABELECIDA
Barbosa M, Monteiro S, Cúrdia Gonçalves T, Moreira MJ, Rosa B, Cotter J

A enteroscopia por cápsula (EC) apresenta uma elevada acuidade no diagnóstico do envolvimento do intestino delgado na doença de Crohn (DC) estabelecida. O score de Lewis (SL) quantifica e gradua a actividade inflamatória do intestino delgado. Os níveis de calprotectina fecal (CF) são proporcionais à actividade dos neutrófilos no lúmen entérico.

AVALIAÇÃO SISTEMÁTICA DA QUALIDADE EM COLONOSCOPIA FUNDAMENTAL PARA A MELHORIA DO SERVIÇO PRESTADO
Taveira F, Areia M, Elvas L, Alves S, Brito D, Saraiva S, Cadime A T

A colonoscopia é um exame de referência na prática gastrenterológica, com procura e utilidade crescentes, estando definidos fatores que medem a sua qualidade. Avaliamos alguns desses indicadores num centro português como forma de autoavaliação e implementação de ações de melhoria.

Pesquisa

Ano

Título

Autores

Termos

Tipo de Comunicação