Linkedin

Newsletter
captcha 
“A Gastrenterologia e a Nutrição são inseparáveis”
sexta-feira, 24 junho 2022 16:25

“A Gastrenterologia e a Nutrição são inseparáveis”

“Nutrição e Gastrenterologia” foi o tema da sessão, que tomou lugar na Sala Santo António, presidida pelo Prof. Doutor Jorge Fonseca. O especialista comentou a ligação entre estas duas áreas que considera impossível de desassociar, dada a influência da Nutrição na Saúde Digestiva.

Segundo o profissional do Hospital Garcia de Orta, praticamente todas as doenças digestivas têm problemas de Nutrição associados. Neste sentido, o objetivo da sessão era apresentar hot topics da área, com conteúdo útil para os gastrenterologistas aprofundarem o seu conhecimento, e adquirirem ferramentas para a prevenção e tratamento de patologias relacionadas.
O primeiro tópico, protagonizado pela Dr.ª Catarina Sousa Guerreiro, foi sobre as intolerâncias aos alimentos, que o Prof. Doutor Jorge Fonseca considera muito variáveis, e que é necessário os gastrenterologistas estarem atentos.

Na apresentação seguinte, discursou a Dr.ª Joana Nunes sobre o estado nutricional na cirrose hepática descompensada, ao qual o Prof. Doutor Jorge Fonseca afirma que o fígado é a grande plataforma metabólica do organismo, e que doentes com problemas hepáticos têm muita dificuldade a gerir a desnutrição, o que torna frequente complicações ao nível da Saúde em geral.

A microbiota e o cancro do estômago foram as temáticas abordadas, seguidamente, pela Dr.ª Céu Figueiredo. O especialista do Hospital Garcia de Orta explica que a relação deste órgão do aparelho digestivo com os organismos da microbiota é delicada pela sua acidez, e de que forma as alterações nesta ligação podem criar risco ou proteção de cancro.
Por fim, Portugal recebeu de novo a Prof.ª Doutora Francisca Joly, especialista francesa, que o Prof. Doutor Jorge Fonseca afirma que é “a pessoa do mundo com maior experiência no tratamento da falência intestinal crónica”. Esta doença rara surge em idade adulta e traduz-se na incapacidade do tubo digestivo de absorver os nutrientes necessários. O tratamento é muito complexo e a partilha da experiência da Prof.ª Doutora Francisca Joly, que se afirma “50 ou 100 vezes superior à experiência nacional”, foi um momento muito interessante da sessão.

Vídeo