SPGspeAPEF

Newsletter
captcha 
16 CASOS DE COLANGITE ESCLEROSANTE PRIMÁRIA TRANSPLANTADOS
Santos, P; Tomé, L; Diogo, D; Sofia, C; Furtado, E

Colangite Esclerosante Primária (CEP) é uma doença colestática crónica caracterizada por fibrose concêntrica e obliterante que leva à estenose e dilatação da árvore biliar cuja prevalência tem aumentado nos últimos anos. O único tratamento com prolongamento da sobrevida é o transplante hepático (TH) estando indicado na presença de cirrose descompensada e MELD acima de 14. Existem pontos adicionais que priorizam os doentes. A CEP recorre em 20-25% 5 anos após o TH.

AVALIAÇÃO E COMPARAÇÃO DOS DOENTES COM CIRROSE HEPÁTICA DESCOMPENSADA POR CAUSA HEMORRÁGICA E NÃO HEMORRÁGICA
Silva J., Fernandes C., Fernandes S., Leite S., Silva AP., Alberto L., Ponte A., Rodrigues J., Sousa M., Carvalho J.

A cirrose hepática descompensada (CHD) é causa frequente de internamento hospitalar. A caracterização e comparação dos doentes com CHD por causa hemorrágica e não hemorrágica não se encontra totalmente descrita. Na CH o equilíbrio entre o risco hemorrágico e pró-trombótico não é facilmente previsível e o valor das convencionais provas de coagulação não é consensual.

TERAPÊUTICA DA HEPATITE C COM REGIME DE TRATAMENTO BASEADO NO SOFOSBUVIR
Andrade P, Cardoso H, Lopes S, Vale AM, Rodrigues S, Gonçalves R, Pereira P, Albuquerque A, Monteiro F, Araújo F, Macedo G

Têm sido observadas elevadas taxas de resposta virológica sustentada nos doentes com infecção pelo virus da hepatite C (VHC) tratados com antivíricos de ação direta. O objetivo foi avaliar a eficácia e segurança de um regime de tratamento baseado no sofosbuvir (SOF) em doentes com infeção VHC.

COMPLEXOS DE VON MEYENBURG: A IMPORTÂNCIA DA HISTOLOGIA
Coelho R, Sarmento A, Gonçalves R, Macedo G

Os hamartomas dos ductos biliares (HDB), ou complexos de von Meyenburg (CvM), são malformações biliares. Na literatura existem apenas relatos esporádicos destas entidades, que assumem especial relevo no diagnóstico diferencial com lesões secundárias do fígado. Foi ainda descrito um caso de colangiocarcinoma em CvM prévio. O objetivo deste estudo foi avaliar dados demográficos, métodos de diagnóstico, patologias associadas bem como evolução dos doentes com CvM.

AVALIAÇÃO DO MELD-REFIT E MELD-REFIT-NA NA EVOLUÇÃO DOS DOENTES COM CIRROSE HEPÁTICA DESCOMPENSADA POR CAUSA NÃO HEMORRÁGICA
Silva J., Fernandes C., Fernandes S., Leite S., Silva AP., Alberto L., Ponte A., Rodrigues J., Sousa M., Carvalho J.

O MELD prediz a mortalidade em doentes com cirrose hepática (CH). A CH descompensada associa-se a elevadas taxas de complicações e mortalidade intra-hospitalar. A utilidade do MELD-FIT e MELD-FIT Na na CH descompensada de causa não hemorrágica não se encontra ainda avaliada.

ACUTE-ON-CHRONIC LIVER FAILURE: UMA ENTIDADE DINÂMICA
Cardoso MF, Alexandrino G, Branco JC, Anapaz V, Rodrigues CG, Carvalho R, Horta D, Martins A, Reis J

Acute-on-Chronic Liver Failure (ACLF) é uma síndrome caracterizada por descompensação aguda de cirrose hepática com disfunção orgânica e elevada mortalidade. Trata-se de uma entidade dinâmica, devendo ser reavaliada ao longo do tempo, não sendo ainda claros quais os timings que se correlacionarão melhor com o prognóstico.

SCORE C-WATCH NA HEMORRAGIA DIGESTIVA ALTA VARICOSA: AVALIAÇÃO E COMPARAÇÃO COM AIMS65 E BLATCHFORD
Silva J., Fernandes C., Fernandes S., Leite S., Silva AP., Alberto L., Ponte A., Rodrigues J., Sousa M., Carvalho J.

A hemorragia varicosa é uma das complicações mais frequente da cirrose hepática. Recentemente foi desenvolvido o score C-WATCH que visa estratificar a necessidade de endoscopia urgente em doentes com hemorragia digestiva alta. A sua utilidade na predição do prognóstico e mortalidade dos doentes internados com hemorragia varicosa não foi ainda avaliada.

SCORE ALBI: O MELHOR PREDITOR DE MORTALIDADE A CURTO PRAZO NO CARCINOMA HEPATOCELULAR
Coelho R, Cardoso H, Silva M, Peixoto A, Gaspar R, Morais R, Gonçalves R, Rodrigues S, Pereira P, Lopes S, Macedo G

O score ALBI constitui uma ferramenta simples e objetiva para avaliar a função hepática nos doentes com carcinoma hepatocelular (CHC). O objetivo foi comparar o score de ALBI com as classificações Child-Pugh e BCLC para predição de sobrevida.

AVALIAÇÃO NÃO-INVASIVA DE FIBROSE HEPÁTICA NA HEPATITE C – O IMPACTO DOS NOVOS TRATAMENTOS
Xavier S. (1), Magalhães J. (1), Marinho C. (1), Cotter J. (1,2,3)

A fibrose hepática ocorre em resposta às agressões hepáticas sustentadas. A remoção do agente agressor pode permitir regressão do processo fibrótico.

PARA ALÉM DO MELD E CHILD-PUGH: O SCORE MELD-NA COMO PREDITOR DE PROGNÓSTICO ADVERSO EM DOENTES CIRRÓTICOS
Boal Carvalho P (1), Dias de Castro F (1), Marinho C (1), Cotter J (1,2,3)

Existem actualmente vários scores com o objectivo de predizer a mortalidade em doentes cirróticos, incluindo mais recentemente o score MELD-Na, que acrescenta o sódio ao score MELD.

Pesquisa

Ano

Título

Autores

Termos

Tipo de Comunicação