SPGspeAPEF

Newsletter
captcha 
PROTOCOLO DE ATUAÇÃO DE ENFERMAGEM AO UTENTE SUBMETIDO AO TR-TGM13C
Gonçalves N*, Monteiro C, Freire A, Barros S, Mena C, Rodrigues E, Cruz I, Mesquita S, Pedregal S, Carvalho A.

O Teste Respiratório com Triglicerídeos de cadeia média marcados com 13C (TR-TGM13C) permite avaliar a Insuficiência Pancreática Exócrina, que pode estar presente em diversas patologias. É um teste que consiste na administração de um substrato de triglicerídeos de cadeia média marcados com 13C, o qual é digerido pelas enzimas pancreáticas, sendo absorvido e metabolizado com libertação13CO2 para a corrente sanguínea e eliminado pelo ar expirado, durante o processo de degradação. É um teste não invasivo, quantitativo, eficaz e de fácil aceitação pelos utentes sendo, por isso, cada vez mais utilizado.  A implementação deste teste na instituição exigiu a organização de recursos materiais, humanos e de espaço. Assim, foi elaborado e instituído um protocolo que englobou: a receção do pedido; o agendamento com o utente, a realização do TR-TGM13C,  o envio das amostras e a receção  e disponibilização dos resultados.

CONSULTA DE ENFERMAGEM DE FOLOW UP NO CHP
Andrade M*, Ribeiro F, Barros P, Lima O, Silva O

No ano de 2015 iniciou-se o processo de implementação da consulta de enfermagem de folow up dos procedimentos terapêuticos em endoscopia susceptíveis de complicações.

TRANSPLANTE DE MICROBIOTA FECAL: UM DESAFIO!
Lima C., Rocha C., Hespanhol T., Almeida I., Sousa I., Ponte A.,Carvalho J.

A doença associada ao Clostridium Difficile, é feita pela transmissão fecal-oral através de esporos, esta é  uma infeção associada aos cuidados de Saúde, após terapia antimicrobiana.

UTILIZAÇÃO DE HEMOSPRAY EM MUCOSECTOMIAS DO TUBO DIGESTIVO
Moreira MH, Morais R, Küttner-Magalhães R, Maia L, Silva O, Pedroto I

As mucosectomias do tubo digestivo acarretam risco de hemorragia imediata e tardia que pode ser superior a 10%. Os sprays hemostáticos tópicos podem ser uma opção na terapêutica e profilaxia de hemorragia pós-mucosectomia quando outras técnicas não foram eficazes ou são de difícil execução.

CUIDADOS PÓS POLIPECTOMIA DO COLON - PANORÂMICA DA REALIDADE
Dias N, Torres A, Couto S, Melo J, Ferreira D, Oliveira Z, Balão A, Bastos M, Dantas A, Silva M, Rolanda C, Gonçalves R

A colonoscopia é o exame de eleição na prevenção e diagnóstico do cancro colo-rectal (CCR). A deteção e tratamento de lesões pré-malignas ou malignas precoces é prática corrente e a polipectomia tornou-se uma técnica básica da endoscopia digestiva baixa, realizada tanto em ambiente hospitalar como ambulatório. Apesar de regular não é isenta de riscos. É prática comum, além da obtenção de  consentimento informado antes do procedimento, transmitir informação acerca dos cuidados a ter depois.

PREPARAÇÃO DE COLONOSCOPIA EM DOENTES INTERNADOS
Pavão M.

A qualidade da preparação intestinal é fundamental para detecção de patologia colo-rectal. A má qualidade da preparação intestinal continua a ser um problema, interferindo não só com a capacidade de realização do exame completo como com a visualização adequada de toda a mucosa. É importante conhecer os factores que influenciam a qualidade da preparação intestinal. Verificamos que os doentes internados apresentam piores preparações do que os doentes de ambulatório. Deste modo, elegemos este grupo uma vez que necessita de maior apoio para optimização da limpeza intestinal.

NEURÓLISE DO PLEXO CELÍACO ATRAVÉS DE ULTRASSONOGRAFIA ENDOSCÓPICA
Roque S., Grilo D, , Tomé G. , Nunes T. , Nunes C

Sendo descrita pela primeira vez no início do século passado com fins anestésicos, a neurólise do plexo celíaco é atualmente utilizada essencialmente para tratamento da dor abdominal de origem neoplásica.

O IMPACTO DA ACREDITAÇÃO POR UM ORGANISMO INTERNACIONAL, NUMA UNIDADE DE ENDOSCOPIA DIGESTIVA
Bré R, Teixeira V, Sousa C

A acreditação de um hospital é uma forma de avaliação por uma entidade independente que determina a satisfação de um conjunto de requisitos (normas) destinados a garantir e melhorar a qualidade dos cuidados de saúde. O Hospital Senhora da Oliveira encontra-se Acreditado pela Joint Comission International (JCI), desde Dezembro de 2008 e foi re-certificado em 2012 e 2016.

INFEÇÕES ASSOCIADAS AOS DUODENOSCÓPIOS: NOVO DESAFIO NO REPROCESSAMENTO
Sousa C, Bré R, Teixeira V

O duodenoscópio e a colangiopancreatografia endoscópica revolucionaram o diagnóstico e tratamento das patologias biliopancreáticas. No entanto, publicações recentes têm alertado para um maior risco de transmissão de infeção pelo duodenoscópio.

CPRE EMERGENTE NA COLANGITE AGUDA – EXPERIÊNCIA DE UM CENTRO
Elvas L., Alves A.R., Gomes D., Almeida N., Mendes S., Camacho E., Sofia C.

A descompressão precoce da via biliar por colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) está indicada no tratamento da colangite aguda. O objetivo foi avaliar o seu papel na resolução dessa patologia.

Pesquisa

Ano

Título

Autores

Termos

Tipo de Comunicação