Login

Newsletter
captcha 
Doença de Crohn: combinação entre enteroscopia por cápsula e enterografia por ressonância magnética “útil” no estadiamento da patologia
sexta, 31 maio 2019 18:08

Doença de Crohn: combinação entre enteroscopia por cápsula e enterografia por ressonância magnética “útil” no estadiamento da patologia

Na doença de Crohn a avaliação do intestino delgado é uma componente essencial para um correto estadiamento da patologia. Por isso, a Dr.ª Sofia Xavier, do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, avaliou os resultados da utilização da enteroscopia por cápsula e da enterografia por ressonância magnética, num intervalo máximo de três meses entre os dois procedimentos. 

No estudo, verificou-se que a enteroscopia apresenta um “rendimento diagnóstico globalmente superior”, no que diz respeito à “deteção de lesões no intestino delgado distal e proximal”. Veja o vídeo.

Vídeo

Veja Também