Login

Newsletter
captcha 
Rastreio ao esófago de Barrett faz sentido?
sexta, 31 maio 2019 01:11

Rastreio ao esófago de Barrett faz sentido?

“O rastreio ao esófago de Barrett faz todo o sentido”. Quem o diz é a Dr.ª Joana Castela, depois de listar e explicar as vantagens e desvantagens do rastreio. No entanto, e de acordo com a especialista do Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO Lisboa), o processo de deteção da patologia só fará sentido quando realizado a partir de outros métodos, ditos alternativos. Assista ao vídeo da entrevista.

A endoscopia digestiva alta aplicada constitui um dos modelos utilizados atualmente para o rastreio, porém, na visão da especialista, “este método já não deve ser considerado como o mais adequado”. Em alternativa, a Dr.ª Joana Castela aponta para a utilização do cytosponge. “É uma esponja que realiza a citologia a todo o tubo esofágico, o que permite ao clínico conseguir identificar o marcador de diferenciação específico desta patologia”. 

Como afirma a especialista, este método alternativo “já demonstrou excelentes valores de sensibilidade e especificidade” e, por isso, “é um teste com capacidade para ser oferecido à população em geral, como parte integrante dos Cuidados de Saúde Primários”, uma vez que lhe parece ser o “mais promissor na atualidade”, concluiu.

Vídeo

Veja Também