Login

Newsletter
captcha 
Cromoendoscopia permite “melhor inspeção da mucosa gástrica e deteção de condições pré-malignas gástricas e neoplasias iniciais”
quarta, 29 maio 2019 16:18

Cromoendoscopia permite “melhor inspeção da mucosa gástrica e deteção de condições pré-malignas gástricas e neoplasias iniciais”

A endoscopia de alta definição e a cromoendoscopia estiveram em destaque durante a sessão palestrada pelo Dr. Diogo Libânio, a propósito do Curso Pós-Graduado em Endoscopia Digestiva, integrado no programa científico da Semana Digestiva 2019. Em entrevista à News Farma, o especialista do Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO Porto) explicou que as duas técnicas “permitem ter uma melhor inspeção da mucosa gástrica e deteção de condições pré-malignas gástricas e neoplasias iniciais”. Veja o vídeo.

Segundo o especialista, estão demonstradas as condições necessárias para a técnica ser disseminada, de modo a que “todos os gastrenterologistas a utilizem na sua prática clínica". O Dr. Diogo Libânio destacou ainda a relevância do método no contexto português, dada a “elevada incidência de cancro gástrico”.

O médico do IPO do Porto aproveitou ainda para salientar as mais-valias na utilização da escala de classificação endoscópica, Endoscopic Grading of Gastric Intestinal Metaplasia (EGGIM), nomeadamente “estratificar o risco de um indivíduo desenvolver uma neoplasia gástrica”.

Vídeo

Veja Também